Avatar

Andre Fadel

@andrefadel

Investidor bebê (dois anos). Interesse em value investing e barganhas na B3. As últimas turbulências não ajudaram a segurar por muito, sou meio mão de alface.

Curitiba, PR Membro desde 2022
12 Seguindo
0 Seguidores

Respostas

Classificação
  • @andrefadel em 26/04/2022

    Vale a pena entender um pouco sobre o ciclo das commodities, é possível que esse papel só venha a apresentar um ganho significativo em alguns anos. Nesta semana fui fuçar quem são os acionistas majoritários e realmente pode haver problemas de governança. Seja como for, ela já provou que pode ser muito eficiente.

  • @andrefadel em 20/04/2022

    O vídeo não ajudou muito. Hoje saiu o resultado do 1T2022 e a empresa continua com fundamentos sólidos. Hoje a ação caiu quase 6% e, pra mim, está em promoção. Comprei mais hoje. Para quem tem visão de longo prazo, parece um tiro certo. Achei esse vídeo mais interessante que o anterior: https://www.youtube.com/watch?v=VxJNaN7xYJc&ab_channel=Pequenoinvestidor

  • @andrefadel em 20/04/2022

    É muito importante o hábito de investir. Kyosaki nos ensina que precisamos primeiro “nos pagar”, para depois pagar os outros. Desde que entrei no mercado de RV todo mês há oportunidades. Quando a ação cai, é o momento de aumentar a posição – quando os fundamentos ainda existem. Não entendi muito bem o conceito de “ação mais cara”, uma ação de R$ 0,50 pode ser cara se a companhia estiver em frangalhos.

  • @andrefadel em 19/04/2022

    Ao invés de jogar na mega-sena, uso os trocados para comprar criptos. A emoção é a mesma e o risco de perder é menor. Mas não entendo nada disso, acho que sou mais atraído por aquilo que eu vejo, entendo e uso, como energia elétrica, serviço telefônico e supermercado. Não entendo criptomoeda. Tanto não entendo que preciso usar uma plataforma para intermediar, que cobra taxas altíssimas. 

  • @andrefadel em 19/04/2022

    100% ações. Renda fixa para mim rima com “perda fixa”. Já tentei FII várias vezes, mas o canto da sereia das ações é muito forte. Na última tentativa, comprei SNCI11 a 100,00, mas quando chegou a 111,00 não resisti e vendi. E comprei mais ações com o lucro.

  • @andrefadel em 19/04/2022

    Sim, eu também tenho comprado GMAT (primeiro com cuidado, depois fui aumentando a posição). Quando desabou há um mês a 4,30 eu reforcei o carrinho. Ainda estou amargando um prejuízo de 13%, mas sinto muita segurança na empresa. Não é a empresa que está derretendo, mas o valor dela frente às perspectivas econômicas do curto prazo – inflação alta e diminuição do poder aquisitivo da população do nordeste. Mesmo assim, o Grupo Mateus parece muito bem administrado e a estratégia de atacarejo apela muito às classes com menor poder aquisitivo. Eles terem tido lucro no 4T2021 enquanto os concorrentes tiveram prejuízo foi impressionante, e mesmo assim o papel desabou. Particularmente, ainda acho os múltiplos altos (nunca entendi muito por que o P/VP abaixo de 2 é considerado barato no varejo, e hoje está a 1,66. PCAR está a 0,47, P/L é metade do GMAT, o ROE da GMAT é o dobro, mas mesmo assim seria legal a Suno revisar seus casos). Por exemplo, o grupo ASSAI no começo do ano apresentava perspectivas muito melhores que o GMAT, e neste ano o papel ASAI3 já se valorizou 23%. Sendo assinante, fico um pouco triste com essa falta de conteúdo comparativo.

  • @andrefadel em 19/04/2022

    O Fernando Ulrich fez um vídeo matador sobre a guerra da Ucrânia, é muito complexo. A única previsão que se pode fazer é a tragédia humana e econômica nos dois países.

  • @andrefadel em 19/04/2022

    A resposta sempre são complexas, mas eu resumiria assim: 1) setor, nicho de mercado, perspectivas econômicas; 2) índices fundamentalistas (P/L, ROE, P/VP, Margem EBIT), lucro líquido do último trimestre e dos últimos 12 meses, dívida líquida; 3) histórico de cotação, histórico de dividendos, liquidez do papel e análises de profissionais com CNPI.

  • @andrefadel em 19/04/2022

    Eu sou um viciado em ações e não tenho nada em renda fixa. Minhas reservas de emergência são minhas ações de defesa que comprei barato e que pagam dividendos. Sou meio doido, mas nunca fiquei tão confortável antes. Não vejo a hora de a Selic cair novamente para que as ações que eu tenho disparem (e depois será tarde demais para comprar ações baratas)